Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto


W3.CSS

06.Ago.18

Equipas do Moçambola vão disputar meias-finais da Taça de Moçambique 2018

TACADEMOCAMBIQUE

Já estão encontrados os semi-finalistas da Taça de Moçambique, após a disputa dos jogos da segunda mão dos quartos-de-final, este final de semana.

 

Assim, o primeiro semi-finalista encontrado foi o Maxaquene, que depois de ter ganho ao Estrela Vermelha da Beira por uma bola sem resposta, na primeira mão, em Maputo, foi a Chiveve vencer pelo mesmo resultado, passando com agregado de 2-0. O adversário do Maxaquene nas meias-finais é o Costa do Sol, que teve algumas dificuldades para ultrapassar a ENH de Vilankulo, pelo agregado de 1-0.

 

Na primeira mão, em Vilankulo, houve nulo e, este domingo, no seu ninho, o “canário” teve que suar as estopinhas para vencer uma bola sem resposta, como golo apontado aos 92 minutos por Cláudio, quando todo mundo já estava a espera das grandes penalidades. Aliás, este jogo teve de tudo um pouco.

 

Dois jogadores, um de cada equipa, viram o cartão vermelho, após confusão na área do Vilankulo, tendo o árbitro do encontro, Paulo António não tido meias medidas para dar o vermelho aos jogadores das duas equipas. Nas meias-finais perspectiva-se uma partida de grande nível entre duas equipas que já se cruzaram duas vezes no Moçambola. Na primeira volta do campeonato nacional de futebol as duas equipas se equivaleram, na primeira jornada, com um nulo.

 

Mas na segunda volta os “tricolores” venceram a tangente e os “canarinhos” podem usar desta partida para se vingar e procurar a sua segunda final consecutiva. Ferroviário da Beira vs Liga Desportiva é outro atractivo Os “locomotivas” de Chiveve ainda tremeram para deixar para trás o seu homónimo de Quelimane. Mas acabaram vencendo por 4-2, passando a eliminatória com agregado de 6-3, depois do 2-1 na primeira mão.

 

Tremeu porque o Ferroviário de Quelimane ainda chegou a empatar a eliminatória, quando até aos 44 minutos do jogo estava a vencer por 2-1, mesmo resultado da primeira mão. Rasta e Macalira deram a vantagem a turma de Quelimane, mas no último lance da primeira parte Dayo restabeleceu novamente o empate depois de ter empatado a um golo.

 

Na segunda parte os “locomotivas” de Quelimane já não tiveram a mesma frescura e o de Chiveve aproveitou-se disso para marcar o terceiro por Babo e sentenciar a eliminatória aos 94 minutos por intermédio de Lineker.

 

E o adversário dos “locomotivas” de Chiveve é a Liga Desportiva de Maputo, que foi a Nacala empatar sem abertura de contagem, gerindo a vantagem de 3-1 que levava de Maputo.

 

Para o Moçambola 2018 estas duas encontram-se na última jornada. Ou seja, até ao momento só se encontraram na primeira volta, com a vitória a sorrir para a Liga, em Chiveve, por uma bola sem resposta. Nesta nova deslocação a Beira, como irão se comportar as duas equipas? É já dia 29 de Agosto, para a primeira mão. O Costa do Sol é o detentor desta competição depois de ter vencido a UD Songo, no ano passado, por uma bola sem resposta.

 

 

Compartilhar: