Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto


W3.CSS

31.Jul.18

Ferroviário da Beira não encontra o caminho para a felicidade

img082090-135-20180730-083836

A luta pela conquista do título na presente temporada continua renhida, e neste momento está resumida aos três clubes que estão no pelotão da frente, mas isso não significa que os outros que vem nas posições subsequentes não podem sorrir em Outubro.

 

Na 19ª jornada disputada este fim-de-semana, que também viu um jogo a ser adiado, os três primeiros classificados, não cederam pontos ou seja somaram vitórias nos seus jogos. O líder Ferroviário de Maputo, recebeu no seu velhinho Estádio da Machava e derrotou o aflito Incomáti de Xinavane por um a zero (1x0), complicando ainda mais a situação dos açucareiros na tabela classificativa.

 

Na Soalpo, o Textáfrica de Chimoio que está época "navega em águas" pouco habituais, venceu a ENH de Vilankulo por uma bola sem concorrência (1x0), tento apontado já sobre o apito final do árbitro, e somou mais três pontos e continua lá no "barulho" dos que pretendem erguer o troféu no final da época.

 

Quem também não teve contemplações foi a Liga Desportiva de Maputo que bateu o já quase condenado a despromoção, Sporting de Nampula por duas bolas sem resposta (2x0), e apesar de ter afirmado no inicio da época que não era candidato ao título, encontra-se numa zona privilegiada para sorrir em Outubro. O Costa do Sol que esta temporada tem enfrentado dificuldades para vencer em casa, alcançou este domingo a sua segunda vitória em jogos realizados no seu "ninho".

 

Os canarinhos venceram o Desportivo de Nacala por três bolas a uma (3x1), e deram um salto na classificação passando do 11º lugar para a 8ª posição. O Ferroviário da Beira continua sem encontrar o caminho para a felicidade este época, é que mesmo depois de ter afastado João Chissano por maus resultados, a equipa continua a decepcionar os seus adeptos.

 

Este domingo foi a trincheira casa do Clube do Chibuto averbar mais uma derrota por duas bolas sem resposta (2x0). Na abertura da jornada na tarde de sábado, o Ferroviário de Nampula a jogar em casa no santuário do 25 de Junho, interrompeu o bom ciclo do Maxaquene que vinha de três vitórias consecutivas, e venceu por duas bolas a uma (2x1), noutra partida o Ferroviário de Nacala venceu o 1º de Maio de Quelimane por uma bola a zero (1x0).

 

A partida entre a União Desportiva do Songo e a UP de Maica, foi adiada devido a participação dos campeões nacionais, na Taça da Confederação. Os hidroeléctricos já levam quatro jogos de atraso no Moçambola 2018.

 

 

Compartilhar: