Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto

Tete Magazine

Atualidade, Sociedade, Economia, Desporto


W3.CSS

04.Ago.18

FMI defende aumentos salariais em 2019

FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defendeu esta sexta-feira em Maputo aumentos salariais de 5,5 por cento para os trabalhadores moçambicanos com ordenados mais baixos e de 2% para os que ganham salários mais altos em 2019.

 

«Na nossa maneira de ver, seria prudente dar um aumento abaixo da inflação projetada, talvez 5,5 por cento para os trabalhadores que ganham menos e 2 por cento para os trabalhadores que têm os salários mais altos», disse Ricardo Velloso, líder da missão do FMI em Moçambique, em conferência de imprensa em Maputo, no final de uma visita ao país.

 

Ricardo Velloso declarou que o incremento salarial em 2019 deve estar em linha com a previsão de inflação, que é de 5,5 por cento, e à necessidade de contenção da expansão da massa salarial.

 

O chefe da missão do FMI para Moçambique referiu que o país tem o rácio entre os salários e o Produto Interno Bruto (PIB) mais alto da África Austral, situando-se nos 11 por cento.

 

 

Compartilhar: